República Checa - Czech Republic.

República Checa - Czech Republic.
República Checa - Praga sob a neve. / Czech Republic - Prague under snow. / République Tchèque - Prague sous la neige.

quarta-feira, 23 de julho de 2014

SÉRIE CIDADES DO MUNDO - CURITIBA.


Fundada em 1693, a partir de um pequeno povoado bandeirante, Curitiba se tornou uma importante parada comercial com a abertura da estrada tropeira entre Sorocaba e Viamão[. ]Em 1853 tornou-se a capital da recém-emancipada província do Paraná e desde então a cidade, conhecida pelas suas ruas largas,[] manteve um ritmo de crescimento urbano fortalecido pela chegada de uma grande quantidade de imigrantes europeus ao longo do século XIX, na maioria alemães, poloneses, ucranianos e italianos, que contribuíram para a diversidade cultural que permanece até hoje.
 
A cidade experimentou diversos planos urbanísticos e legislações que visavam conter seu crescimento descontrolado e que a levaram a ficar famosa internacionalmente pelas suas inovações urbanísticas e o cuidado com o meio ambiente. A maior delas foi no transporte público, cujo sistema inspirou o TransMilenio, sistema de transporte de Bogotá, na Colômbia. Hoje, a cidade tem um senso de vida cosmopolita.
 
Curitiba também tem altos índices de educação, o menor índice de analfabetismo e a melhor qualidade na educação básica entre as capitais. O Índice Mastercard de Mercados Emergentes 2008, criado com a intenção de avaliar e comparar o desempenho das cidades em diferentes funções que interligam os mercados e o comércio no mundo inteiro, indicou Curitiba na 49ª colocação entre as cidades com maior influência global. 
 
Curitiba também foi citada, em uma recente pesquisa publicada pela revista Forbes, como a terceira cidade mais sagaz do mundo, que considera esperta a cidade que se preocupa, de forma conjunta, em ser ecologicamente sustentável, com qualidade de vida, boa infraestrutura e dinamismo econômico. Curitiba é também uma das cidades brasileiras mais influentes no cenário global, sendo considerada um dos centros mais globalizados do planeta, recebendo a classificação de cidade global gama - , por parte do Globalization and World Cities Study Group & Network (GaWC).
 
Bem, minha história com Curitiba, começou assim que eu aceitei um programa de viagem de férias para “curtir a cidade” (tratava-se de uma cortesia de uma agência parceria da operadora que eu trabalhei por vários anos).
 
Ao chegar, fui recebido com um dia de inverno lindo, céu claro, azul, sem nuvens, temperatura de 11 graus ás 10:00 de uma manhã de quinta-feira. Por ter passado a madrugada inteira dentro de um avião ou aguardando conexões em salas de embarque nos aeroportos, cheguei cansado. Mas depois de uma refeição caprichada, um banho quente, resolvi explorar a cidade do meu jeito. Dispensei cortesia de serviço de táxi e serviços de leva-e-trás oferecido pela agência e pelo hotel. Eu prefiro fazer tudo do meu jeito, a pé, tendo como companhia apenas meu telefone e o GPS ligado. Tudo ficou fácil, simples, rápido e eu pude ver a cidade como ela é pelos meus olhos e com imagens capturadas pela lente da minha câmera.
 
Conheci 90% da cidade A PÉ! Isso mesmo, fiquei hospedado em um hotel no centro da cidade, muito bem localizado e com serviço impecável.  Sendo assim, nos dias seguintes, bem alimentado, agasalhado, com disposição e a curiosidade comum a todo turista, FUI!  Andei com direções bem definidas, me misturava na multidão de “cebolas” (as pessoas fazem comparação com uma cebola, por ter que sair de casa usando várias camadas de roupa)...  Então eu era mais uma “cebola” no meio das ruas. 
 
Em todas elas, em todos os horários, eu me senti seguro. Sempre muito limpas, arborizadas, com canteiros e jardins impecáveis, Curitiba impressiona pela fluidez no trânsito, pela organização e eficiência  do sistema do trasnporte público, pela forma direta e objetiva no tratamento das pessoas com seus problemas e na busca rápida de solução de tudo.
 
Curitiba é uma cidade que nao tem praias. Mas em compensação, há parques que com uma beleza que não se encontra em nenhum  outro lugar do mundo. Curitiba é uma cidade particular e única em todos os sentidos. Encontra-se verdade em todos os lugares, traços da presença dos imigrantes alemães, italianos, japoneses, ucranianos e poloneses, e todos muito orgulhosos por terem dado sua valiosa colaboração para formação de uma cidade referência não só para o Brasil, mas também para muita “cidade grande”. 
 
Curitiba é uma metrópole generosa com todos que escolhem morar aqui. Serviços públicos e particulares são precisos, taxistas educados e cordiais, preços justos, excelentes opções de hospedagem, facilidade de acesso para portadores de necessidades epseciais, clima bem definido entre as estações, opções de compras, feiras e eventos nacionais e internacionais, instalações e equipamentos de diversão e entretenimento cultural e muito mais, Curitiba é apaixonante. 
 
Algumas dicas de passeios imperdíveis em Curitiba: 
Como eu havia dito antes, eu conheci 90% das atrações de Curitiba a pé, afinal sou saudável, gosto de caminhadas e tenho disposição   para isso. Há táxis a inteira disposição dos hóspedes nos hotéis, nas praças e terminais de passageiros (áreo, terrestre ou ferroviário). Outra alternativa está disponível com saídas com horários programados da Praça Tiradentes, Marco Zero da cidade, na frente da Catedral Basílica Nossa Senhora da Luz dos Pinhais. (Informe-se pelo menos um dia antes e escolha o horário mais conveniente, consulte também os valores. O bilhete é único mas dá direito, além do primeiro embarque, mais 4 novos embarques em pontos previamente estabelecidos pela linha de ônibus). Os Ônibus da LINHA TURISMO percorrem 25 pontos de interesse turístico da cidade com apresentação e breve desscrição das atrações em 3 idiomas (português, inglês e espeanhol).  Não há tempo hábil para fotos nem as cenas pelas janelas garantem o enquadramento perfeito, se você é exigente neste quesito, desembarque e explore tudo com a atenção necessária. Eu consegui – no dia dos passeios, com meu GPS, ir de uma atração a outra a pé e assim conhecia novos lugares e poupava os bilhetes de embarque extra .- 
 
Vamos lá, com vocês, CURITIBA!
 
 Tudo começou aqui.
Rua Marechal Deodoro e Rua João Negrão. - Centro Curitiba.
Prédio Histórico da UFPR.
Praça Santos Andrade, em frente do Prédio da UFPR e Teatro Guaíra.
Teatro Guaíra.
Monumento a grande dama do Teatro Paranaense, Lala Schneider.
Placa do Monumento a Lala Schneider.
Reconhecimento do talento de uma mulher de valor.
Ônibus da Linha Turismo, partindo da Praça Tiradentes - na frente da Catedral de
 Curitiba - percorre 25 pontos de interesse turístico.
 
Monumento do Centenário da Emancipação Política do Paraná.
 - Praça 19 de Dezembro -
Shopping Muller. Centro de Curitiba. Prédio Tombado.
Excelente Opção de Lazer, Gastronomia e é claro, Compras!!
 
 
Centro do Setor Histórico de Curitiba.
Cheio de Casarões Tombados.
Na foto, Casarão João Turin.
Grafite nos muros de uma escadaria no centro de Curitiba.
Arte na Rua é isso.
 
Catedral Basílica de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais.
 - Centro de Curitiba. -
 Palácio Avenida - Sede do Banco HSBC no centro da Cidade.
No Natal corais da cidade se apresentam nestas janelas em um espetáculo
emocionante que encanta moradores e turistas.
Mercado Municipal de Curitiba.
Tem que ir para conhecer os encantos e a enorme variedade de produtos
que são vendidos neste lugar.
Flagrantes da Cidade.
Metrô de Superfície - ônibus tri-articulados que viraram ícones da
 praticidade e mobilidade urbana de Curitiba.
Rápido, Prático e Eficiente.
Curitiba dando exemplo de sustentabilidade.
A Capital Ecológica da América do Sul operando algumas linhas com
Ônibus Híbridos. Sensacional.
As famosas estações Tubo.
Os ônibus só param nestas estações e eles podem levar
até 300 passageiros em uma única viagem.
Portal de Entrada do Centro Comercial da Rua 24 Horas.
 Vale muito a visita!!
A noite os bares e restaurantes são uma excelente opção de diversão.
No Centro Comercial da Rua 24 Horas,
Escritório de Representação Turística de Curitiba.
 Ponto de Embarque para passeio de Trem Curitiba - Morretes- Antonina.
Estação Rodoferroviária.
Sala de Embarque da Rodoferroviária.
Plataforma de Embarque e o Trem Turístico que opera passeio Curitiba- Morretes.
 
Maquete do Centro da Cidade, no entorno da Estação Rodoferroviária.
Trabalho minimalista e detalhista ao extremo.
Nossa Guia, Fátima. Show de Simpatia, Competência e Conhecimento sobre
 o Passeio, a Ferrovia, Curitiba e todo o caminho até Morretes e Antonina.
Passeio Operado pela Serra Verde Turismo.
E é dada largada para um passeio contemplativo no meio da Floresta - Mata Atlântica - Ferrovia Centenária - Trens da ALL, América Latina Logística que opera a ferrovia com transporte de Carga e Passageiros.
Flagrantes do passeio, paisagem que passa pela janela do trem.
Ruínas da Vilinha de Operários que moravam na região nos tempos áureos
da exploração do transporte ferroviário.
Igreja de Morretes.
Igreja também centenária de Antonina.
Ruínas do Casarão da tradicional família paulistana Matarazzo em Antonina.
Fachada Lateral da Arena da Baixada.
Palco de Jogos da Copa FIFA de 2014.
Jardim Botânico de Curitiba. Perfeito. Impecável.
 Estufa Central do Jardim Botânico.
Flagrante da Vida Real, Visitante do Jardim Botânico.
E o que falar desta imagem. Curitiba é sem dúvida uma cidade incrível.
Entrada principal do Jardim Botânico de Curitiba. Passeio Imperdível.
Passeio Público. Portal de Entrada que é uma réplica do Cemitério de Cães de Paris.
 É possível ver alguma aves no local, pois este era o espaço do antigo Zoológico de Curitiba.
Morador de uma das áreas do Passeio Público.
Tucano, posando para foto.

Flamingo descansando e fazendo pose para minhas lentes.
Passeio Público - Curitiba.
Museu Oscar Niemeyer.
Este espaço é uma visita obrigatória na cidade.
Vista panorâmica da Torre Olho.
Museu Oscar Niemeyer, espaço interativo, de primeiríssima linha,
com espaços fantástico e várias exposições simultâneas.
Uma das exposições do MON, as origens do Fotojornalismo brasileiro.
Acervo da Revista Cruzeiro. Imperdível.
Algumas Capas da Revista O Cruzeiro.
 Foto da foto da pequena notável - Carmem Miranda -
Inúmeras vezes nas capas e páginas da Revista O Cruzeiro, em exposição no MON.
 A Evolução do instrumento de trabalho dos Fotojornalistas, em exposição no MON.
Câmera RolleiFlex - as tataravós das nossas câmeras fotográficas.
Eu também tenho uma Câmera Panasonic com lentes Leica,
e fiquei impressionado ao fotografar este exemplar raro.
Exposição no MON. Fabuloso!
Escrever uma mensagem em uma Folha e contribuir com o projeto educacional do MON.
Ingresso e minha folhinha com um recado na árvore/escultura de um
Projeto Educacional do MON - Preservação e Conservação Ambiental.
 A árvore que ajudei a colocar uma folhinha. Orgulho e emoção define.
Túnel com aspecto futurista de acesso a Torre Olho -  MON.
Prédio histórico - Paço da Liberdade -
Parque Tanguá.
Lugar onde a natureza mostra toda sua força.
Paisagens incríveis.
Opera de Arame.
Memorial Ucraniano. Lugar belíssimo.
 Peça em exposição no Memorial Ucraniano.
Pêssankas. Expressão Artística típica Ucraniana.
Restaurante Maladosso...
Um colosso das refeições! Ir ao bairro de Santa Felicidade e não fazer um pit stop de reabastecimento gastronômico neste templo da gula, é programa obrigatório.
Museu Ferroviário de Curitiba. Com uma locomotiva em exposição,
 rótulos de locomotivas antigas e uma reprodução fiel em tamanho natural
do dia a dia de uma estação.
Locomotiva em Exposição. Museu Ferroviário de Curitiba - entrada alternativa pelo Shopping Estação.  Diversão, compras e boa comida garantidos!
 Teatro Paiol.
Murais internos que fazem justa homenagem as expressões teatrais.
Praça Japão - Batel -
Se você procura badalação da night, Batel é o lugar.
Cheio de barzinhos elegantes e gente descolada.
Ainda na Praça Japão, mensagens de força,
coragem e vida espalhadas com filosofia oriental.
Tem uma lojinha de lembrancinhas e artesanato na praça - tem que ir lá! -
 
Se você está preocupado com os três verbos que ninguém escapa de conjugar quando se visita um novo destino – COMER, BEBER e DORMIR – fique tranquilo, Curitiba tem opções variadas, que atendem todos os níveis de exigência, de lanches, sucos, refeições completas, carnes, vinhos, massas e pratos típicos da região. – no inverno o pinhão e o quentão nas feirinhas especiais de inverno são imperdíveis! – e excelentes opções de hospedagem.
 
Então, depois dessa, arrumem as malas e CURITIBA será seu próximo destino, seja qual for o motivo, ou até mesmo sem motivo, vá para Curitiba!
 
Serviço:
Curta Curitiba – entidade oficial de turismo. Posto de Informações Virtual:
 
Disque Turismo:
156 – Curitiba.
(+55) 41 – 3074-6456 – Demais localidades.
Atendimento 24 horas.
 
Casa Do Artesanato:
Rua Mateus Leme, 22, São Francisco. (41) 3321-2704
 
Mercado Municipal:
(41) 3262-5724
De Terça a Sábado das 09:00 às 18:00
Domingos e Segundas das 09:00 às 13:00
Endereço: Rua Sete de Setembro, nº 1.865 – Curitiba.
 
Aeroporto Internacional Afonso Pena.
(41) 3381-1153
Diariamente das 07:00 às 23:00
Av. Rocha Pombo s/n – São José dos Pinhais.
 
Instituto Municipal de Turismo
(41) 3250 – 7728
Rua da Glória, 362 – Centro Cívico – Curitiba.
De Segunda a Sexta das 08:00 às 12:00 e depois das 14:00 às 18:00
[
 
 

4 comentários:

  1. Bom dia Amigo - Há aqui muitas coisas interessantes mas quero antes de mias nada esclarecer que este artigo é escrito por uma pessoa que Tive o Prazer de conhecer pessoalmente, embora Jovem ele junta alguns fatores que parecem andar em desuso - Educação (aquela que se tem em casa) Instrução (esta se tem nas escolas) Cultura - conhecimento e propriedade para falar, além de sua formação superior - ele conhece mais de 100 Países ao redor do Mundo e na sua maioria vivenciou as culturas usos e costumes trabalhando na digna e pouco conhecida por aqui INDUSTRIA DO TURISMO. - Fiz esta breve explanação para entrar na nossa áres a Hotelaria tudo o que o Meu Amigo Jefferson Coelho diz aqui é verdade, se não fosse ele não publicaria então fica o alerta, porque os "hoteleiros" da cidade se queixam de resultados? Não, o problema não é de Curitiba é da falta de profissionais desde a mais alta esfera até aos porteiros. - Reflitam - "Não existe hotel que não dê lucro, existe hotel mal administrado" - Parabéns Jefferson.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendi, e agora, como é que eu faço para dormir depois deu melódico desses?? Fico com o ego gigante e brilhando de tão polido ao ler um comentário como este, vindo de um profissional tão admirado como meu querido Mestre Rui Ventura. MUITO OBRIGADO!!

      Excluir
  2. Caro Jefferson hoje a grande malandragem é dizer a verdade, num Mundo onde a Mentira circula por onde menos esperamos - E tudo o que eu fiz no meu comentário foi falar a Verdade sobre Você, que tive o prazer de conhecer, e sobre os "Hotelários" Curitibanos, onde qualquer semelhança deles com Hoteleiros é mera coincidência. Abraço Amigo - Sucesso.

    ResponderExcluir

Gostou? Deixe seu comentário. Obrigado.
Did you like it? Leave a comment. Thank You.
Vous L´aimez? Laissez un commentaire. Merci.
Ti piace? Lascia un commento. Grazie.
Pidät? Jätä kommentti. Kiitos.